A Assembleia Legislativa de São Paulo vai plantar 20 mil mudas de árvores até o final do ano. A iniciativa, parte do programa de sustentabilidade Alesp Preserva, compensará o carbono (CO²) emitido pelos funcionários do Legislativo nos últimos três anos.

.

Para o plano de compensação, a Alesp realizou um levantamento para identificar o volume de CO² emitido pelos funcionários e visitantes da Casa, levando em consideração deslocamento, tipo de transporte e combustível utilizado, consumo de energia elétrica e resíduos gerados. O resultado do estudo que quantificou os gases emitidos entre os anos de 2020 e 2021 apontou uma emissão de 1.763,3 toneladas de CO2 advindas de atividades relacionadas à Assembleia Legislativa.

.

O Programa Alesp Preserva foi pensado e está sendo implementado pela atual Mesa Diretora, da qual sou o Primeiro-Secretário. Tenho muito orgulho de estar a frente deste tipo de política que adota medidas que reduzem custos do Legislativo, otimizam processos e, de forma especial, preservam o meio ambiente.

.